Publicado em Uncategorized

Carta para os amigos…

Oi gente!

Hoje vamos publicar uma carta escrita pelo jovem Luiz Henrique de Paula Queregatte, que, através de uma atividade desenvolvida pelo Projeto Saúde e Qualidade de Vida, buscou conscientizar os demais colegas sobre a importância da prevenção.

Olhem só que legal:

carta

Gostaram?

Publicado em Saúde da Mulher

Outubro Rosa

O Outubro Rosa é um movimento internacionalmente conhecido e comemorado em todo o mundo desde a década de 1990. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população no controle da doença.

outubro rosa

Este movimento começou nos Estados Unidos e a partir de então a data passou a ser celebrada anualmente em diversos países com o objetivo de promover a conscientização e compartilhar informações sobre o assunto.

No Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o que mais atinge as mulheres – são mais de 57 mil novos casos estimados no Brasil para 2014. A idade ainda é um dos principais fatores de risco: quatro em cada cinco pacientes têm mais de 50 anos.

A ideia é chamar atenção, diretamente, para a realidade atual da doença e a importância do diagnóstico precoce, sendo esse fator o mais importante para o processo de cura.

Vamos então para as principais dúvidas relacionadas a doença:

– O que causa o câncer de mama?

Na maioria dos casos de câncer de mama, não há uma causa específica. Há alguns fatores que estão associados ao aumento do risco de desenvolver a doença. A própria idade é um deles, pois a chance aumenta na medida em que se envelhece. Primeira menstruação (menarca) antes dos 12 anos, parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos, não ter tido filhos ou ter tido o primeiro filho em idade avançada são alguns fatores associados ao risco. Consumo excessivo de álcool, obesidade e sedentarismo também. Casos na família de câncer de mama e ovário, principalmente em parentes próximos (primeiro grau – pai, mãe, irmãos, filhos), elevam o risco.

– Os homens também podem desenvolver esse tipo de câncer?

O câncer de mama em homens é raro. Estima-se que, do total de casos da doença, apenas 0,8% a 1% ocorram em pessoas do sexo masculino.

– Quais são os sintomas? Como perceber?

A forma mais habitual é o aparecimento de nódulo (caroço) nos seios, geralmente indolor. Outros sinais e sintomas menos frequentes são edemas, irritação ou irregularidades na pele, dor, inversão ou descamação no mamilo e saída de secreção (liquido) pelo mamilo. Podem também surgir caroços palpáveis na axila. Por isso, o Inca destaca a importância de que a mulher esteja atenta ao seu corpo e à saúde das mamas. A recomendação é que, diante da observação de qualquer alteração ou mudança, a pessoas busque o quanto antes a avaliação de um médico.

– Quais são as chances de cura de câncer de mama?

Quando diagnosticado precocemente, há até 95% de chance de cura. Por isso, é importante que toda mulher de 50 a 69 anos faça mamografia a cada dois anos.

Gostaram das informações? Divulguem para as mães, amigas e parentes e incentivem as pessoas a ficarem atentas a saúde e ao corpo.

Fontes:

Inca – Instituto Nacional de Câncer

Site Terra